Páginas

terça-feira, 25 de maio de 2010

Hoje...


Amanhã tenho um artigo para apresentar e aqui estou eu, sem vontade nenhuma de pegar naquelas folhas, amanhã tenho que acordar ás 5 da manhã, prometi que hj dormiria cedo, mas nada do sono chegar, logo hoje acordei com febre e a garganta ardendo, essa é a parte ruim de morar longe dos pais, se minha mãe estivesse perto de mim, já tinha feito aquele chá que só ela sabe fazer, já tinha me dopado de remédio, e hoje seria dia dela fazer aquela sopa que eu adoro e que só ela sabe fazer, já interfonei para o porteiro, e falei que hoje não to para ninguém, que se alguém chegar para falar comigo é para falar que não to (até mesmo se for aquela mas chegada) quero ficar só no meu quarto, ouvindo aquela música que adoro, e escrevendo, que ultimamente é o que mais tenho feito, não tenho mais paciência para msn, já bloqueie um monte de chatos, que sempre que fala comigo é sempre o mesmo assunto (oi, tudo bom?), nem bem conheço a criatura já me add no msn, para fazer sempre as mesmas perguntas ( se toca =/) se estou bem ou mal isso só interessa aos meus amigos, e não para conhecidos, e não sou de fingir, porque para conhecidos mesmo se tudo estiver uma porcaria, tenho que responder " sim, esta tudo bem", bloqueie e prontooo!!!
Tenho muitos amigos espalhados  por esse  nordeste, tenho em Petrolina, em Campina Grande, aqui em Recife, e lá no Ibó só confio na minha família, em um primo, e na minha amiga Paty, mas tem alguns momentos como esse agora, que sou só eu, e onde eu sinto necessidade de ficar só no meu canto, abraçada com o meu urso de pelúcia (um sapo) e uma caneta e meu diário na mão, nesses momentos nem se o celular tocar eu vou atender (nem mesmo se for ele), tem dias que a solidão é necessária que ficar só no seu canto é indispensável. Precisei disso hoje, e amanhã já vou acordar renovada e espero que também esteja sem essa febre e sem essa garganta ardendo =)

Um comentário:

  1. Humm, sei como é isso, as vezes me sinto assim também

    ResponderExcluir